Bandidos simulam acidente de trânsito para atacar médico


por Emir Pinho - Consultor de Seguranca - 51 9967 3306 - ID 9214136 em old / 3 de outubro de 2008

03 de outubro de 2008 N° 15747 Jornal Zero Hora

CAPITAL

Bandidos simulam acidente de trânsito para atacar médico

Assaltantes pretendiam saquear a casa da vítima quando foram presos

Uma dupla de criminosos em uma moto simulou um acidente de trânsito ontem na zona sul de Porto Alegre para praticar um assalto mediante seqüestro. A vítima, um médico de 55 anos, foi atacada no momento em que se deslocava para o trabalho. Quando os bandidos a levavam de volta para casa, no plano de consumar o roubo, foram surpreendidos pela polícia e presos.

Segundo o delegado Lauro Costa dos Santos, da Área Judiciária, esse tipo de estratégia é raro na Capital:

– Tudo indica que os assaltantes armaram um golpe, minuciosamente planejado, e acabaram se dando mal.

Na manhã de ontem, o médico dirigia seu Golf ano 1995 no sentido Centro-bairro pela Avenida Professor Oscar Pereira, quando a moto com os dois assaltantes bateu no espelho do seu veículo. Ele parou, falou com a dupla e seguiu. Alguns metros depois, foi parado pelos homens que estavam na moto. Um deles apontou uma arma e anunciou o seqüestro.

No local, os bandidos roubaram R$ 600 e cartões de crédito, mas pretendiam ir até a casa da vítima pegar outros pertences do médico.

Graças a um golpe de sorte, o seqüestro não durou mais do que 45 minutos. O momento em que a dupla anunciou o assalto foi presenciado pelo PM Armando Lopes Filho, 42 anos, que andava em seu carro particular pela pista contrária da avenida.

– Dei uma primeira olhada e pensei que fosse uma briga de trânsito. Mas olhei novamente e aí vi a arma na mão do carona da moto. Estacionei no acostamento, aguardando para fazer o retorno. Enquanto isso, os bandidos estacionaram a moto, entraram no carro da vítima e seguiram rumo ao Sul – contou o policial.

Assaltantes tentaram fugir pulando telhados

Lopes fez o retorno e viu a motocicleta parada. Resolveu aguardar. Minutos depois, surgiu Paulo Sérgio Pensera Correia, 28 anos, e tentou dar partida no veículo. O PM o imobilizou. Com base nas informações fornecidas por Correia, o policial acionou seus colegas da BM, que foram até a casa do médico e cercaram a área, à espera dos assaltantes.

Em seguida, apareceu o Golf com os dois assaltantes, Victor Cristiano de Oliveira, 25 anos, e Fabrício Ferreira dos Passos, 31 anos. Ao notar a presença dos PMs, eles abandonaram o carro e entraram na casa do médico. Tentaram fugir pelos fundos, pulando nos telhados das casas vizinhas, mas acabaram presos sem resistir.

Veja a simulação de como ocorreu o assalto:



Tags:


Eu quero mais artigos como este!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.