Caminhoneiro passa 54 horas amarrado


por Emir Pinho - Consultor de Seguranca - 51 9967 3306 - ID 9214136 em old / 13 de maio de 2008

Após ser feito refém durante assalto na rodovia Porto Alegre-Uruguaiana (BR-290), em Cachoeira do Sul, um caminhoneiro de Uruguaiana ficou 54 horas amarrado e vendado até ser encontrado, na manhã de ontem.
Às 2h de sábado, Jair Alencastro Gomes, 58 anos, foi amarrado enquanto os três tratores novos que transportava eram roubados. O motorista foi encontrado às 8h de ontem, dentro de seu Scania 111, parado em um posto às margens da estrada Quaraí-Pelotas (BR-293), em Dom Pedrito.
Os criminosos utilizaram um veículo equipado com sinalizador luminoso para abordar a vítima, no km 313 da BR-290, enquanto Gomes descansava em seu caminhão. O motorista foi levado para dentro do automóvel, onde teve pés e mãos atados. Ele acompanhou o grupo – entre três e quatro pessoas armadas – até um local desconhecido da vítima. Neste ponto, os tratores foram deixados.
Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), depois de os tratores serem tirados da carreta, Gomes foi levado a Dom Pedrito, em seu caminhão. O motorista foi deixado na cabine, atado e vendado, na madrugada de ontem. Somente no início da manhã é que outro caminhoneiro o encontrou e comunicou a PRF. Gomes não se alimentou enquanto esteve amarrado.
Com braços e pernas inchadas e fraqueza no corpo, o motorista foi encaminhado ao Pronto Socorro da Santa Casa de Caridade de Dom Pedrito, onde permaneceu até o início da tarde.
RONAN DANNENBERG Correspondente/Santana do Livramento

Tags:


Eu quero mais artigos como este!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.