Estado quer controle sobre ferros-velhos


por Emir Pinho - Consultor de Seguranca - 51 9967 3306 - ID 9214136 em old / 11 de março de 2007

Estado quer controle sobre os ferros-velhos
Secretário Bacci propõe credenciar os desmanches e marcar peças de carros assim que entram nos estabelecimentos
LEANDRO RODRIGUES

O aumento do roubo de veículos no Litoral nesta temporada, divulgado ontem pela Secretaria da Segurança Pública, terá como resposta um projeto de controle sobre os ferros-velhos. Ontem, em Capão da Canoa, o secretário Enio Bacci revelou números da Operação Verão e antecipou medidas que pretende tomar. A principal delas é a numeração das peças vendidas nos ferros-velhos.

Em comparação com a temporada passada, o roubo de carros cresceu 85,71%. Bacci afirma que o índice reflete a situação desse tipo de crime no Estado. Nos próximos dias, ele pedirá à governadora que faça um decreto estabelecendo o controle sobre os desmanches.

Caso o decreto não seja o instrumento ideal para colocar a proposta em prática, Bacci sugerirá o envio de um projeto em regime de urgência à Assembléia. O secretário propõe que os ferros-velhos sejam cadastrados.

– Será uma regulamentação desses estabelecimentos. Queremos que o Detran assuma essa tarefa de controle rígido. Os locais terão de cumprir regras, seguir uma espécie de estatuto, sob pena de serem definitivamente fechados – afirmou Bacci.

Uma das principais medidas será a numeração das principais peças vendidas, como pára-lamas, caixas de câmbio, capôs, portas e pára-choques, entre outras. Seria uma marca em baixo relevo, como a que existe no chassi dos automóveis. Essa numeração, feita pelo poder público, seria o atestado de boa procedência.

A secretaria também exigirá algo que não é feito atualmente, apesar de estar previsto em lei. Das ocorrências de acidentes de trânsito, deverão constar detalhadamente os danos no veículo e o que foi inutilizado. Seria mais uma forma de controlar as peças que seguem no mercado.

Com o projeto, a secretaria apresentará hoje um mapa do roubo e do furto de carros na Capital. A Avenida Assis Brasil lidera os roubos. – A Assis Brasil, com o grande número de sinaleiras, obriga os motoristas a pararem várias vezes, o que é de alto risco. Temos de alertar os motoristas e aumentar as operações de prevenção – disse Bacci.

( leandro.rodrigues@zerohora.com.br )


Tags:


Eu quero mais artigos como este!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.