guarda Municipal impede desova de carcaças de carros em parque da Capital


por Emir Pinho - Consultor de Seguranca - 51 9967 3306 - ID 9214136 em old / 26 de fevereiro de 2009

Geral | 26/02/2009 | 19h05min

Pelas ruas: guarda Municipal impede desova de carcaças de carros em parque da Capital

Adolescente foi apreendido e homem conseguiu fugir após a chegada dos guardas

Atualizada às 20h59min

 
A Guarda Municipal de Porto Alegre apreendeu nesta quinta-feira um adolescente envolvido com desmanche de automóveis roubados na zona norte da Capital. Ele e mais outro homem tentavam desovar carcaças de carros nos fundos do Parque Chico Mendes, entre o bairro Jardim Leopoldina e Chácara da Fumaça, por volta das 16h15min.

A dupla estava em uma Fiorino branca quando foi abordada pela Guarda Municipal. O jovem de 16 anos foi apreendido e o homem conseguiu escapar.

Segundo Reger Eduardo Silva, guarda municipal, havia cinco carcaças de carros com a dupla — dois Fiestas, um Corsa e outros dois carros não identificados:

— Estávamos em dois quando chegamos e avistamos eles terminarem de descarregar a Fiorino. Assim que nos viram, um deles acabou fugindo e o outro foi preso sem reagir.
Na semana passada, os guardas haviam sido alertados sobre a ação dos suspeitos no interior do parque de 25,29 hectares, mas quando chegaram ao local, apenas as carcaças foram encontradas.

De acordo com Reger, a equipe da Guarda Municipal, que faz o patrulhamento de parques e praças tem autorização para porte de arma e para efetuar prisões. Quando necessário, segundo ele, a Brigada Militar é acionada para reforçar a operação.

O adolescente disse aos guardas que foi contratado pelo homem para auxiliar na desova. Ele e o carro, que tem ocorrência de roubo, foram encaminhados pelo 20º BPM para o Departamento Estadual da Criança e do Adolescente (Deca) no final da tarde.

O recolhimento

Enquanto o crime persiste na região, o parque e seus arredores são enfeitados por restos de automóveis. A Guarda Municipal diz que não é de sua responsabilidade o recolhimento das carcaças.

O supervisor de praças e parques da Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Smam), Luiz Alberto Carvalho Junior, explica que o papel da Smam é preservar a conservação do parque. Quando um carro inteiro é localizado, o costume da administração do parque é chamar a Brigada Militar, segundo ele: 

— Essa é uma região de pouca ocupação. Todos os dias carros são abandonados no entorno do parque. Quando localizamos apenas restos, juntamos os retalhos e chamamos o DMLU (Departamento Municipal de Limpeza Urbana) para recolher. Esse tipo de recolhimento a Brigada não faz.

A Brigada Militar confirma que só efetua a retirada quando o veículo tem identificação, como chassis. O 20º Batalhão da Polícia Militar (BPM) conhece a ação das quadrilhas de desmanche de carros da região, que, em geral, atuam nas Vilas Mario Quintana, Timbauva, Beco dos Coquerios, Venceslau Fontoura.

— O pessoal que pratica esse tipo de crime retalha o carro e como não tem onde deixar acaba largando no parque. Temos feito policiamento ostensivo na região e já prendemos diversas pessoas, mas alguns locais de desmanche são instalados nos fundos de residências ou em garagens fechadas de difícil vizualização — disse o tenente coronel Florivaldo Pereira Damasceno, comandante do 20º BPM.

O comandante garante ainda que os desmanches próximos ao Parque Chico Mendes têm ligação com os ferros-velho da Avenida Sertório.


Tags:


Eu quero mais artigos como este!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.