Moradores da região onde advogado foi morto pedem mais segurança


por Emir Pinho - Consultor de Seguranca - 51 9967 3306 - ID 9214136 em old / 19 de novembro de 2008

Polícia 19/11/2008 07h43min

Moradores da região onde advogado foi morto pedem mais segurança


Eduardo José Baum Salomon, 54 anos, foi baleado ao descer do seu Corolla quando chegava para trabalhar

Moradores da região onde o advogado Eduardo José Baum Salomon, 54 anos, foi assassinado, pedem mais segurança no local. Ele foi morto ao descer do seu Corolla, na Rua Felipe Neri, no bairro Auxiliadora, quando chegava para trabalhar.

Nenhum condômino ou funcionário do prédio se apresentou como testemunha da morte do advogado, que ocorreu meia hora antes da chegada do porteiro e do segurança. Mas moradores das redondezas revelaram características do bandido. Pelo menos quatro pessoas teriam visto a fuga do assassino.

Segundo relato de um deles ao chefe das equipes volantes da 1ª Delegacia de Pronto Atendimento da Polícia Civil, Nelson Mariense, o criminoso é branco, usava calça de moletom cinza, camiseta branca sem mangas e com detalhes em rosa, óculos com lentes espelhadas e um boné verde tipo militar.

A fachada do edifício é monitorada por circuito interno de TV. Imagens de duas câmeras poderiam ajudar a identificar o assassino, mas, segundo o delegado Rodrigo Bozzetto, o equipamento sofreu uma pane durante a madrugada e parou de gravar às 3h.

O assassinato motivou protestos por mais segurança na Rua Felipe Neri. Em uma das extremidades existe um beco que costuma atrair usuários de drogas e suspeitos de arrombamentos.

A principal queixa da comunidade são os furtos e os roubos de automóveis — números oficiais por bairros ou ruas não são revelados pela Secretaria de Segurança Pública.

— Toda semana roubam um carro aqui e nunca se vê um PM. A gente se sente muito insegura. É sempre um pavor na hora de sair ou chegar em casa — desabafou a oficial de Justiça Elaine Albrecht.

José Luís Costa joseluis.costa@zerora.com.br


Tags:


Eu quero mais artigos como este!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.