Patrimônio – Perdas por ações criminosas em supermercados


por Emir Pinho - Consultor de Seguranca - 51 9967 3306 - ID 9214136 em old / 10 de outubro de 2009

Patrimônio – Perdas por ações criminosas em supermercados.

01/10/09

Sistemas de segurança eletrônica evitam prejuízos em supermercados

Há algum tempo atrás, bandidos saqueavam os caixas dos supermercados armados com metralhadoras e fugiam distribuindo tiros para o alto. Felizmente, nos dias de hoje, os altos níveis de planejamento, organização e evolução dos sistemas de segurança tornaram esta uma missão arriscada para os criminosos, cujo alvo principal tem sido os condomínios de luxo.

Apesar de os arrastões “espetaculosos” não serem mais tão comuns, o problema da segurança em supermercados está longe de ser solucionado. Existem riscos nas áreas de armazenamento e exposição de produtos que merecem atenção e cuidados especiais. São constantes as ocorrências de furtos (internos e externos), bem como a violação de mercadorias, que vão desde as mais simples, como um pote de iogurte, até artigos de alto valor, como notebooks. Estas pequenas
perdas diárias, quando somadas, acarretam um imenso prejuízo para a instituição.

Diante dessas situações, é necessário que seja feito um trabalho de “Prevenção de Perdas”. Para isso, é fundamental que haja no local um bom sistema de segurança eletrônica integrado com profissionais bem preparados para operá-los. Hoje em dia, a instalação de CFTV (Circuito Fechado de TV) e alarmes monitorados é muito mais simples e barata do que há alguns anos atrás.

Nos sistemas de monitoramento da Instalarme, empresa líder em soluções eletrônicas para segurança, as imagens são acompanhadas 24 horas em tempo real na Central, o que possibilita contato imediato com a equipe de segurança para que as providências necessárias sejam tomadas em caso de furto ou violação de produtos.

Fonte: Segs


Tags:


Eu quero mais artigos como este!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.