Porto Alegre é a segunda Capital em roubo de carro


por Emir Pinho - Consultor de Seguranca - 51 9967 3306 - ID 9214136 em old / 13 de maio de 2007

Roubo
Porto Alegre é a segunda Capital em roubo de carro

Ação de ladrões deve fazer crescer o valor do seguro durante o ano
Golf figura nos modelos mais roubados
A informação de que Porto Alegre é a segunda cidade onde mais se furtam e roubam veículos segurados no país vai doer no bolso dos motoristas.

Levantamento da Federação Nacional de Seguros Gerais (Fenaseg) coloca a Capital atrás apenas do Rio. O dado diz respeito ao período de agosto de 2006 a janeiro de 2007.

Com o furto e o roubo de 21,1 carros para cada grupo de mil automóveis, os bandidos gaúchos desbancaram os paulistas, até então os vice-campeões, que levaram 18,4 carros para cada grupo de mil no período. Além de atingir o segundo lugar no ranking, a capital gaúcha foi a que registrou o maior aumento de casos – 16% nos furtos e nos roubos.

– Fico escandalizado que tenha superado São Paulo, e a tendência é de aumento de preços do seguro – afirmou Miguel Junqueira Pereira, presidente do Sindicato das Seguradoras do Rio Grande do Sul.

Secretário diz que repressão ao crime é prioridade

Vice-presidente da Federação Nacional dos Corretores de Seguros e do Sindicato dos Corretores de Seguro do Estado, Sérgio Petzhold acredita que o fenômeno é fruto do aperto da fiscalização em outras cidades, especialmente em Curitiba, onde boa parte dos desmanches foi fechada por receptar peças de carros roubados.

– O número de desmanches clandestinos na Grande Porto Alegre é preocupante. Estamos assustados com esses dados. Em Curitiba o preço do seguro era 20% mais caro do que em Porto Alegre e hoje é 20% mais baixo – garantiu Petzhold.

Ele lembra que, nos últimos quatro anos, o custo do seguro em Porto Alegre subiu cerca de 50% e agora pode aumentar mais 10%.

– Se aumenta o preço, parte do bom segurado, aquele que é mais zeloso com o carro, deixa de fazer seguro, e cresce a proporcionalidade de sinistros – completou Petzhold.

A desconfortável posição de Porto Alegre é motivo de preocupação para a Secretaria da Segurança Pública.

– Se for verídico, surpreende. Mas é um dos 12 tipos de crime que elegemos como prioridade. Estamos fazendo um levantamento minucioso dos dados e vamos desenvolver ações para reduzir os índices afirmou o secretário, José Francisco Mallmann.
Zero Hora 10 de maio de 2007. Edição nº 15236

Tags:


Eu quero mais artigos como este!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.