São Paulo: PM assume funções da Polícia Civil


por Emir Pinho - Consultor de Seguranca - 51 9967 3306 - ID 9214136 em old / 20 de setembro de 2008

20 de setembro de 2008 N° 15732 – Jornal Zero Hora

SÃO PAULO
PM assume funções da Polícia Civil

No quarto dia de greve da Polícia Civil, a Secretaria da Segurança Pública de São Paulo resolveu anunciar o corte do ponto dos grevistas, além de usar a Polícia Militar para evitar que a população fique sem registrar os boletins de ocorrência.

Segundo o secretário da Segurança Pública, Ronaldo Bretas Marzagão, a Polícia Militar foi orientada a encaminhar ao Ministério Público Estadual (MPE) os boletins de ocorrência da PM (BOPM) dos casos que policiais civis tenham se recusado a registrar nas delegacias. O BOPM é um relatório que todo PM faz ao atender a uma ocorrência. Nele, estão os dados dos envolvidos e a solução dada ao caso.
A medida gerou discussão.
Segundo o delegado André Dahmer, diretor da associação, ela é ilegal, pois a função de polícia judiciária é reservada pela Constituição à Polícia Civil. Dahmer disse que os delegados estão registrando ocorrências segundo a decisão do Tribunal Regional do Trabalho, que determinou que 80% dos policiais continuassem trabalhando.

Tags:


Eu quero mais artigos como este!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.