Ninguém vai te falar sobre isso…


por Emir Pinho em Principal / 19 de julho de 2022

Se tem algo que eu aprendi nos 23 anos de atuação no setor, é que somos os principais responsáveis pelo sucesso de nossas empresas, mesmo que estejamos o tempo todo navegando em águas repletas de tubarões!

Resolvi te enviar essa mensagem, para saber como você está e como estão os negócios.

Como estão os resultados de sua empresa…como está a atividade comercial de seu time e como está o posicionamento de sua empresa no mercado?

Há poucos dias, conversei com o Diretor de uma empresa que confirmou o que eu já pensava: Que a maioria das empresas estão perdendo espeço no mercado por alguns motivos bem explícitos:

  • Falta de Estratégia
  • Falta de qualidade comercial
  • Falta de Equipe preparada
  • Falta de Gestão especializada
  • Falta de Agilidade Comercial

É óbvio que estamos atravessando um novo momento de crise, de carestia, de inflação e de instabilidade política e econômica. O Brasil sempre viveu esses momentos!

Isso é fato e negar isso seria no mínimo, uma hipocrisia.

E ninguém melhor que o empresário brasileiro sabe que hipocrisia não banca o jogo!

Numa alusão aos navios no mar 🛥️, podemos afirmar que a melhor alternativa está em ajustar as velas aos movimentos do vento, alinhar o leme e partir na direção que apresenta o menor risco e as melhores condições para velejar!

– Ah mas alguém pode dizer: “Emir, o correto não seria deixar o navio atracado sem botar ele na água?”

E eu afirmo que navios não foram feitos para flutuar na terra. Navios foram feitos para desbravar os mares e atingirem lugares (e resultados) impossíveis de alcançar por terra!

Mas voltando à conversa que tive com esse Diretor, amigo meu, constatei que a empresa dele, à exemplo de outras tantas empresas do nosso setor e segmento, simplesmente “atracou” o seu desenvolvimento comercial, realizando poucas novas vendas, absorvendo poucos novos clientes e diminuindo o tamanho de sua equipe comercial, quase precisando de um “rebocador” para andar.

Ora, ora, mares calmos não formam bons marinheiros e nem tampouco provam bons navios!

É notório que nestes novos momentos em que, ao sairmos de uma crise gerada pela pandemia e entrarmos numa nova crise política e econômica, precisamos aprumar o leme, rever nossa rota, nossa bússola e nosso GPS comercial, reparar algumas avarias no casco, talvez até trocar alguns marujos, e por fim inflarmos velas em direção ao nosso destino!

Mas como em qualquer tarefa ou em qualquer mercado, precisamos saber aonde queremos ir, como queremos ir, em que tempo queremos ir e também precisamos preparar nossa tripulação! 🧠

Aí lhe faço as seguintes perguntas:

👉🏻 Quantos anos tem sua empresa?
👉🏻 Quantos clientes tem sua empresa?
👉🏻 Dividindo esse número de clientes pelo número de anos de atuação, qual a média de clientes conquistados por ano?
👉🏻 Quantos cancelamentos ocorreram neste ano?
👉🏻 Quantas vendas efetivas o seu departamento comercial fez neste ano?
👉🏻 Se subtrairmos o número de cancelamentos, do número de vendas, muda muito?

Ainda…

👉🏻 Quantos comerciais tem sua empresa?
👉🏻 Qual a média de vendas por profissional? Qual a média de rentabilidade por venda? Qual a taxa de aproveitamento? E essas vendas foram resultado de visitas de solicitação, de indicação ou de prospecção?

Pode parecer pouco, mas essas são apenas algumas mínimas informações iniciais para saber quais os rumos ou atitudes devem ser tomadas inicialmente em seu negócio.

Sim, porque se entrarmos no mar do mercado sem saber a capacidade de nosso “navio” corremos o risco de sucumbir diante da primeira tormenta! 🌊 Causada pela concorrência ou por nossa própria incapacidade!

Mas por que venho trazer essas questões e compartilhar isso com você?

Porque confirmei que a maioria das empresas estão sem qualquer estratégia para vasculhar o mercado em busca de bons negócios.

Estão apenas boiando na marola de ondas pequenas que não movimentam o navio!

É importante sabermos que existe um gigantesco oceano de oportunidades que estão lá fora, sem que ninguém vá atrás delas e ou que alguém tente pescá-las para nosso negócio.

Chega a ser “idiotizante” imaginar que um hipotético cliente ou tomador de serviços vai acordar amanhã, com o incontrolável desejo de contratar “a nossa empresa”, em detrimento de tantas outras empresas maiores, menores, piores ou melhores que a nossa!

O importante não é saber quanto o seu navio navegou até hoje. Mas sim, saber quanto e até onde ele consegue navegar e produzir nos mares dos negócios em evolução.

Para ajudar nisso, coloco minha empresa e meus conhecimentos à disposição!

Não entendo quase nada de mares e de navios…mas conheço bastante sobre estratégias comerciais, sobre pivotar em diferentes situações de mercado, conheço sobre gestão, conheço sobre negócios e sou bastante experiente sobre departamentos de vendas. Não sou marujo de primeira viagem!

E tenho certeza de que, assim como os “PRÁTICOS” guiam os navios nos portos, também podemos ajudar sua empresa a atingir novos resultados!

E por fim, estou convicto em afirmar que uma consultoria, um suporte ou uma terceirização de gestão comercial – remota ou presencial – custa infinitamente menos do que sua empresa têm perdido em descontos, cancelamentos e em negócios perdidos!

Me chame e vamos conversar!

Vou adorar receber tua mensagem para conversarmos sobre isso e talvez até pescarmos juntos! 😉

Um grande abraço do @emirpinho

emir@consultordeseguranca.com.br



Eu quero mais artigos como este!


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.