Mercenários não! Profissionais experientes de negócios!


por Emir Pinho em Principal / 28 de setembro de 2012

( Artigo publicado originalmente no CINEBusiness.blog.br )

Mercenários não! Profissionais experientes de negócios!

Se você acha que a idade é um problema para continuar a ser um profissional que faz a diferença, está muito enganado.

Os Mercenários - CINEBusiness | Cinema e cultura com um toque de empreendedorismo

Enquanto centenas de milhares de profissionais buscam motivos e desculpas no adiantado de sua idade, para se aquietarem em ocupações menos exigentes, os veteranos combatentes do filme Os mercenários 2 caminham a passos largos na direção contrária.

Liderados pelo insano, divertido, bem humorado e entusiasmado Barney Ross (Sylvester Stallone), um grupo de vários ex-combatentes ganham a vida fazendo exatamente aquilo em que sempre foram os melhores em seus tempos áureos: provocar a morte em situações de extremo perigo.

Os mercenários 2 é a continuação do filme escrito, estrelado e dirigido por Sylvester Stallone em 2010. Stallone e Richard Wenk escreveram o roteiro do novo filme, em que o grupo dos mercenários, parte para uma missão na Albânia para pagar a dívida com Church (Bruce Willis) e acaba batendo de frente com o vilão Vilain (Jean-Claude Van Damme).

Muitos tiros, bombas, muita alegria, bom humor, entusiasmo e criatividade mantém a atenção do espectador que se permite dar boas gargalhadas diante das inusitadas armações que o grupo supera para salvar a sua própria pele e executar os serviços para os quais são contratados.

Trailler oficial do filme:  watch?v=gUFuPkQ8yjI

E todas as tarefas são cumpridas e comemoradas!

O filme consegue juntar aqueles heróis que, separadamente, fizeram muito sucesso em filmes do mesmo gênero, tais como o próprio Stallone, Bruce Willis, Arnold Schwarzenegger, Jean-Claude Van Damme e o tremendamente lendário e fodástico Chuck Norris.

Dessa vez, a fim de vingar a perda de um membro do grupo, morto pelo bandido Vilain (Jean-Claude Van Damme), assim como pagar uma dívida de Ross com Church (Bruce Willis). Ao mesmo tempo, recebem a missão de Church (Bruce Willis) de evitar que Vilain coloque as mãos em uma quantidade impressionante de plutônio enriquecido, que possibilitaria a produção de armas nucleares. Ross contará com a ajuda de Christmas (Jason Statham), Gunner (Dolph Lundgren), Hale (Terry Crews), Toll (Randy Couture) e Trench (Arnold Schwarzenegger), isso sem falar no misterioso e polivalente Booker (Chuck Norris).

No decorrer do filme, algumas situações se tornam tão verdadeiras e salientes que mostram claramente o intenso dia de muitos profissionais de negócios e seus líderes que suam a camisa e lutam contra verdadeiras legiões de concorrentes no afã de conquistar vendas e atingir suas metas.

Os Mercenários - CINEBusiness | Cinema e cultura com um toque de empreendedorismo

Mesmo que ainda nos moldes antigos e ultrapassados, tais como os heróis do filme.

A necessidade de tomar atitudes, a coragem para enfrentar suas ameaças e fraquezas, o poder com que o entusiasmo, a criatividade e a alegria podem interferir positivamente nos resultados individuais e nos resultados da equipe… tudo isso liga o enredo aos cotidianos corporativos de empreendedores, de empresas e de equipes de vendas.

Algumas outras questões também são realçadas com um humor maravilhosamente agradável, inserido no roteiro pelo jurássico e “tuntacamônico” Stallone.

Por inúmeros momentos as especialidades individuais são colocadas em destaque, mas só se tornam efetivamente vantajosas quando praticadas por toda a equipe, dando o real valor do time, inclusive das equipes de assistência, de suporte e de backoffice, que geralmente auxiliam e complementam a equipes comerciais em sua retaguarda.

Isso quer dizer que para se alcançar a vitória, não basta lutar e manter os mais experientes combatentes ao seu lado, mas que em todos os momentos o poder deve ser multiplicado e composto pelo planejamento e pela estratégia.

Só alcançam as verdadeiras glórias e atingem seus objetivos, aquelas equipes que se planejam dentro do campo de atuação. Equipes que precisam estar sempre treinadas e azeitadas para cooperarem umas com as outras e compartilharem entre si suas vantagens competitivas. Equipes que na hora do descanso, afiam seus machados e suas baionetas.

Além disso, a trama mostra quão importante podem ser as alianças, as parcerias e o compartilhamento de informações e de estratégias, principalmente se adequarmos o contexto do filme às realidades atuais, onde as redes e mídias sociais exigem novas posturas e conhecimentos dos atuais profissionais de negócios comerciais. Independente de sua experiência ou de sua idade.

Ora, ora, acompanhar um quase setentão como Stallone, fazendo gracinha de menino, é justamente o que se espera daqueles que fazem de sua arte e de sua profissão uma tremenda brincadeira, estabelecendo o processo orgasmático de alcançar o êxtase e o sucesso profissional, deixando de lado o peso da idade.

Os Mercenários 2 ajusta-se como uma luva aos empreendedores, aos vendedores, aos líderes e aos gestores. Atenção: Não serve para os gerentes, pois essa turminha impositiva está em extinção!

Mas numa análise geral podemos dizer que todos somos, numa hora ou outra, um desses “mercenários” do filme. Até podemos fazer inicialmente pelo dinheiro… mas só temos a verdadeira satisfação quando alcançamos os lucros de conquistar a vitória e o sucesso.

Um grande abraço do Emir Pinho!

Para o alto e avante até o próximo filme na telona, na telinha e aqui no CINEBusiness.


Tags:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,


Eu quero mais artigos como este!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *